design-de-imagem-de-fundo
Caso de Sucesso

A AGL possibilita o acesso a dados em tempo real e modelagem preditiva com o PI System

Foto de turbinas eólicas

A Australian Gas Light Energy (AGL) foi fundada em 1837 em Sydney. Naquele tempo, Sydney era um posto avançado colonial pequeno com menos de 35.000 habitantes e a “gestão da rede” consistia em operar alguns lampiões a gás. Hoje, a AGL administra um terço da energia gerada para a costa leste da Austrália, onde vive a maioria da população do país.

Aquisições e a adoção de energias renováveis têm acelerado o crescimento. Em 2012, quando David Bartolo, Chefe de desempenho de ativos da AGL, ingressou na empresa, ela aumentou o fornecimento de 300 megawatts (MW) de eletricidade em 2005 para 5.500 MW de produção. O objetivo era expandir ainda mais para 9.000 MW.

Entretanto, o crescimento teve um custo. “Estávamos completamente cegos quanto aos dados”, disse Bartolo. “Eu tive que construir uma equipe central de gestão de ativos. Eram pessoas muito inteligentes, com anos e anos de experiência, e não conseguiam ver um único dado em tempo real de maneira centralizada.

“Era preciso pedir que um dos locais imprimisse uma tendência a cada dez segundos e enviasse as capturas de tela para que fosse possível entender o que havia acontecido durante um incidente de transbordamento”, acrescentou Bartolo. “Nada pode ser pior do que isso.”

Capacitando a inovação dos funcionários por meio de dados

A AGL queria que todos na organização tivessem acesso a dados em tempo real para que pudessem fazer mudanças de impacto nos resultados financeiros. “O que conseguimos foi uma solução que realmente se encaixava no que precisávamos: o PI”, disse Bartolo. “Ele se conecta com qualquer controlador nosso. Podemos coletar qualquer dado em tempo real e disponibilizá-lo para cada pessoa da AGL.”

Após um único dia de treinamento, os funcionários da AGL em toda a organização encontraram novos e inovadores usos para o PI System. Por exemplo, um engenheiro construiu uma tela para ver a visão agregada de como dois locais de fazenda solar estavam funcionando. Químicos definiram alarmes para adicionar anos à vida útil dos ativos do ciclo da caldeira. E outros usuários construíram telas para monitorar as temperaturas do gerador.

Construiu-se uma tela para monitorar tendências em pequenas unidades hidrelétricas localizadas a 700 quilômetros de distância. Imediatamente, percebeu-se por que suas máquinas estavam tropeçando e direcionando remotamente os subcontratados no local paraorigem do problema. Em apenas três meses, a disponibilidade dessas unidades hidrelétricas aumentou 7 %.

O ROI é tão surpreendentemente alto que tivemos dificuldades com nosso pessoal de finanças. Eles diziam que havia um erro em nosso cálculo.
David Bartolo
Chefe de Desempenho de Ativos
Diagrama do PI System como o coração da plataforma de tecnologia operacional da AGLO PI System é o coração da plataforma de tecnologia operacional da AGL.

Evitando interrupções com modelagem preditiva

Em abril de 2015, a AGL lançou seu centro de diagnóstico operacional para ir além da conscientização em tempo real para modelagem preditiva. A empresa implementou o software de detecção de anomalias Predict-It de ECG para reconhecimento avançado de padrões. Funcionários AGL construíram 2.700 modelos que monitoram 45.000 pontos de dados críticos a cada cinco minutos, correlacionando dados de entrada com dados históricos. Quando as correlações começam a variar, a equipe sabe que algo está errado.

O custo do projeto foi de um substancial 1,2 milhão de AU$ para a configuração inicial e 620.000 de AU$ para os custos operacionais anuais. No entanto, o investimento retornou um valor enorme rapidamente. Em apenas três anos, a AGL economizou 18,7 milhões de dólares australianos em redução de interrupções forçadas e manutenção otimizada.

Além disso, em 2017, o PI System habilitou a AGL para capturar e prevenir uma falha catastrófica em um estator refrigerado a hidrogênio de 560 MW. Os alarmes do PI System começaram a soar, e a equipe viu anomalias nas temperaturas de saída do hidrogênio. Uma inspeção inicial não revelou a causa. Quando o instrumento foi recalibrado e colocado novamente on-line, os dados mostraram um problema piorando, então, a equipe planejou uma interrupção para investigar. Depois de uma desmontagem parcial, a equipe descobriu que faltavam apenas alguns dias para várias bobinas pegarem fogo. Se isso tivesse ocorrido, a interrupção resultante teria custado de 50 a 70 milhões de AU$.

Reduzindo o consumo de combustível e economizando milhões

Hoje, o PI System é o centro da plataforma de tecnologia operacional corporativa da AGL, e a empresa de energia está implantando duas novas iniciativas. A primeira, um sistema de otimização de desempenho termodinâmico, visa reduzir o consumo de combustível em 0,5 % e reduzir as emissões de CO2, uma melhoria marginal que se traduz em economia de milhões de dólares por ano. A segunda, um sistema de otimização do rendimento do vento, visa a um aumento de 1 a 2 % no rendimento do portfólio eólico da AGL.

Para obter mais informações sobre AGL e o PI System, veja a apresentação completa aqui.

elementos-de-design-gráfico

Como podemos ajudá-lo?

Fornecemos dados confiáveis há mais de 40 anos. De fato, 24 dos nossos 25 primeiros clientes ainda utilizam nossa plataforma. Deixe-nos saber como podemos ajudá-lo.

©2022 OSIsoft, LLC